O analista de mídias sociais – Parte 1

redes sociais e mídias sociais

Analisando as mídias sociais

Pra início de conversa, mídias sociais não são redes sociais e isso já fundamenta que mídias sociais são para publicidade e redes sociais são para compartilhamento entre os seus usuários.

O “Analista de Mídias Sociais” é um termo figurativo que tem sido muito usado nos sites de empregos, que procuram candidatos para preencher esta função, que deveria “compreender” o marketing digital no ambiente web.

Como nem a regulamentação do “profissional de marketing” está feita definitivamente (continua em andamento o projeto de lei) e se esta ciência já conta com mais de meio século, fico a me perguntar, quando será “reconhecida” a profissão de analista de redes sociais???

Mas isso é um capítulo a parte, o que mais chama a atenção é o fato que a maioria das empresas ainda “desconhecem” o universo do mundo digital. Ficam a elaborar “planos de marketing” feitos em casa e “encaixam” nas suas “estratégias” este profissional, que deve servir como um “expert” em lidar com as redes sociais.

Ocorre que as redes sociais propriamente ditas, são redes apropriadas, ou seja fechadas em si mesmas e usam os dados de seus usuários como quiserem (ao assinar que concordamos nos termos de serviços) e que também precisam sobreviver da sua própria publicidade.

Então o cliente, acostumado a fazer anúncios na mídia offline se depara com a mídia online. É uma quebra de paradigmas, antes seus clientes eram passivos, esperavam as mensagens… Agora estão ativos, se engajam, interagem, sugerem, reclamam e consomem!

As ações planejadas, consequentemente terão estratégias diferenciadas, conforme público-alvo, serviço ou produto e a proposta do anunciante para investir sua verba, porém em qualquer caso, o cliente sempre vai esperar o ROI (return of investiment) da sua campanha.

Voltando ao Analista de Mídias Sociais, basta consultar os anúncios de emprego e ver as atribuições desta função, teremos então uma ideia de quanto essa função “agrega” de atividades diversas para implementar as ações de marketing digital. É um profissional “perfeito”: saberá lidar com Facebook Marketing (embora não conheça a verba mínima para anunciar) vai também fazer campanhas de AdWords (mesmo sem ter a certificação oficial) e deverá atualizar com conteúdo as redes sociais conforme a “preferência” do seu cliente, criar “matérias” que muitas vezes não sabe usar a “linguagem” adequada para escrever (deveria ser um jornalista online por exemplo) e qual o público e contexto apropriado para publicar.

Não é uma crítica à função em si mesma, porque ela existe e tem vários profissionais que a executam muito bem em muitas empresas. Mas as vezes basta saber abrir um “perfil” nas redes sociais para estar “na moda”, como as grandes empresas, agora mais presentes nas mídias sociais.

Percebendo estas “incongruências” na função, me identifiquei com um texto de um diretor de uma agência digital, que pedia num manifesto a “Morte do analista de mídias sociais” e exemplificava os motivos, que dentre eles destaco o principal, o universo digital das mídias sociais é muito extenso para ser “gerido” por um só profissional.

Ocorre que, como no exemplo da imagem deste post, temos um número incrível de conexões em todo ambiente web, são portais, redes sociais e sites de relacionamento, entre outros e isso dá uma ideia do “trabalho” que um analista de mídias sociais teria, se fosse “executar” várias ações neste universo, teria que trabalhar 24/7/30 para dar conta do recado e mesmo assim não conseguiria…

Concluo que, esta função “multi-facetada” certamente terá “desdobramentos” em outras funções especializadas dentro de uma agência digital, porque mesmo fora das agências, dentro das empresas, pode ser uma “economia” para os empregadores, ter este único profissional “perfeito”, mas isso já não é mais possível, um “solitário” fazer todo o trabalho, a não ser se for pra só atualizar os comentários! 🙂

Na segunda parte dessa matéria, vou trazer mais dados para ilustrar o melhor possível este perfil profissional, que precisa ser mais valorizado e buscar na especialização a sua ascensão profissional.

Alexandre Horn – Mb/RS 1145

Anúncios

Sobre Alexandre Horn

Publisher and Social Media
Esse post foi publicado em Redes Sociais na Internet e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s